Bioimpedância na Omega4 Estúdio do Corpo

Bioimpedância: tirando algumas dúvidas

O método mais comum e mais utilizado para descobrir se uma pessoa está dentro ou não dos parâmetros saudáveis de peso é o cálculo do IMC (índice de massa corpórea), que conseguimos calcular utilizando a seguinte fórmula:

IMC = peso (em kg) / altura (em metros) elevado ao quadrado.

Um valor que seja acima de 25 indica sobrepeso, e um valor acima de 30 já indicaria, para os especialistas, a obesidade. Sobretudo o cálculo do IMC não leva em conta a composição corpórea e as proporções de massa adiposa (gordura) e massa magra (músculos, ossos e água), e, portanto, pode acabar levando a erros de interpretação. Por exemplo, uma pessoa com um alto índice de percentual de massa muscular, pode nos apresentar um IMC acima de 30 e ter um percentual de gordura muito bom!

Já por outro lado, levando em conta uma pessoa adulta com o IMC de 24 (que é o valor considerado normal), pode ter um altíssimo percentual de gordura e além de tudo com acúmulo de gordura principalmente na região abdominal (nada mais do que a gordura visceral), que gera um risco bem maior de doenças cardiovasculares. Então o melhor e mais indicado exame a se realizar, é o exame de bioimpedanciometria por ser um método rápido, acessível e que oferece vários dados importantes para o diagnóstico e melhor tratamento do sobrepeso e também da obesidade.

Durante o tratamento, seguindo a sua evolução o mais interessante é analisar os resultados sequenciais da bioimpedância a pelo menos cada 4 meses para conseguir observar as mudanças da composição corpórea e se o paciente está perdendo peso e conseguindo manter ou até mesmo aumentar o seu percentual de massa muscular.

Por que fazer a avaliação de bioimpedância?

A análise oferecida através do exame, permite que o profissional possa criar um atendimento individualizado, levando em conta a condição corporal naquele exato momento, e os desejos do paciente (emagrecer, ganhar massa magra, entre outros). A bioimpedância é um exame responsável por analisar a composição corporal nos mostrando de maneira aproximada a quantidade que temos de músculos, ossos e gorduras, no nosso corpo. Pode ser realizado de 3 a 6 meses por ano para que possamos comparar os resultados. Além de tudo avaliação da composição corporal por bioimpedanciometria fornece ao nutricionista informações complexas e muito importantes para que o profissional consiga alinhar os objetivos do tratamento e para planejar uma dieta de forma personalizada e diferenciada seguindo as necessidades do paciente.  O cálculo da taxa de consumo de alimentos calóricos diário ajuda o nutricionista a calcular o total de calorias da dieta, e ter uma melhor base para acompanhar a evolução de perda de peso de acordo com as características e diferenças de cada paciente.

Assim como já sabe ou pelo menos ouviu falar, cerca de 60% do nosso corpo humano é composto por água, e a água é um condutor elétrico. Com base e conhecimento nisso, a precisão oferecida pelo exame de bioimpedância se aproveita da própria composição corporal oferecida como o condutor elétrico necessário. Além de toda precisão oferecida nesse exame, os elementos que o exame é capaz de identificar, podem ajudar a direcionar melhor nas dietas e nos exercícios praticados e até mesmo sinalizar questões de saúde que podem passar desapercebidas. A medição da quantidade de água no corpo, por exemplo, pode nos mostrar a necessidade de uma maior hidratação, e isso tudo interfere diretamente em muitas das questões de saúde, de beleza e de estética.

São alguns detalhes bem importantes e que fazem muita diferença, porém nem sempre estarão em evidência sem uma investigação profissional e adequada, que o exame nos proporciona. Sendo assim, se você gostaria ter uma visão mais realista de como é que está a sua preciosa saúde pôr a sua composição corporal e assim conseguir direcionar melhor suas ações em relação a ela e com base no seu objetivo externo e estético, deve sim fazer o exame de bioimpedância.

Além disso, o exame de bioimpedância, ao permitir a avaliação das condições corporais, pode guiar o tipo de dieta específico para o paciente ou aluno,sendo ela uma dieta para ganho de massa muscular, perda de gordura corporal, entre outros tipos de dieta, proporcionando, de forma principal, um atendimento completamente individualizado e especial para você.

O que é avaliado na bioimpedância?

São analisados alguns parâmetros como por exemplo: o IMC (índice de massa corporal/corpórea), a massa muscular (conhecida popularmente como massa magra), quantidade de gordura (a chamada “massa gorda”), o peso corpóreo, a quantidade de água corporal, o percentual da gordura corpórea, a impedância de cada parte do corpo humano (Exemplos: membros inferiores e superiores, etc.).

Para a realização do exame, o paciente deve apenas subir na balança de bioimpedância, onde passa uma corrente elétrica (totalmente indolor e imperceptível) pelo corpo. Essa corrente elétrica passa pela água do nosso próprio corpo, que como já foi mencionado, é condutor elétrico e serve para tal realização, o exame é realizado em balanças especiais, como a Omron ou Tanita.

Quais as recomendações antes do exame e as contraindicações?

Algumas recomendações garantem resultado melhores e mais específicos, como por exemplo:

Realização de um jejum de 4 horas, ir ao banheiro em até 20 minutos antes de realizá-lo, de maneira alguma poderá consumir bebidas alcoólicas em até as 48 horas que antecedem o exame. Se o exame for realizado no período menstrual, o mesmo também pode causar alterações nos resultados finais. Evitar a ingestão de alimentos que são muito ricos em cafeína e também de bebidas diuréticas, por estes diminuírem a quantidade de água no nosso corpo.

Em até um dia antes, é necessário que não faça atividades físicas para não interferir no resultado final, e também objetivos metálicos (como por exemplo: piercings, anéis, pulseiras, grampos entre outros) devem ser tirados. Não se deve utilizar hidrantes no corpo, principalmente nas mãos e nos pés no dia do exame também.

O paciente deve estar em repouso, na hora do teste, para que a medida da resistência e reatância volte a se estabilizar de forma rápida e sem nenhuma interferência.

É totalmente contraindicado na gestação e em pessoas que possuem marca-passos, pinos e próteses, por se tratar de um exame onde se envolve, apesar de leve, a passagem de uma corrente elétrica pelo corpo.

Os biomarcadores desse teste são: gordura, hidratação, massa magra, massa muscular, água intracelular e extracelular, saúde celular, taxa metabólica basal e IMC.

Bioimpedância na Omega4 Estúdio do Corpo

Esse tipo de avaliação é feito na Omega4 Estúdio do Corpo para os alunos de Pilates e Treinamento Funcional (atividades físicas que podem te ajudar no emagrecimento, a combater a gordura localizada e muito mais!), além dos pacientes da área de Estética, tanto corporal quanto facial.
Nós, da Omega4 Estúdio do Corpo, personalizamos planos de emagrecimento de acordo com as suas taxas reveladas nos biomarcadores e com as necessidades do paciente, contando, para isso, com a ajuda de profissionais como nutricionistas, educadores físicos e fisioterapeutas. Venha conosco receber o melhor da Estética do Paraíso e do Jardins para o seu corpo!

A Omega4 Estúdio do Corpo se preocupa com você e em lhe oferecer procedimentos de Estética de resultados! Conheça mais sobre os procedimentos de estética corporal e facial.

Solicitar mais informações
omega4omega4omega4
Endereço Omega4 Estúdio do Corpo
Rua Osório Duque Estrada, 35 - Paraíso - São Paulo
11 2386-9717 | Whatsapp 11 94048-3704
contato@omega4.com.br